quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mais uma reflexão...

Olá!

Em tempos de reclamar de tudo, este texto serve como um lembrete de que temos tudo o que precisamos e que podemos fazer muuuuuito mais...

Grande abraço a todos e bom findi!



O velho mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.
- Qual é o gosto? - perguntou o mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.

O mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.
Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água. Enquanto a água corria do queixo do jovem o mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? - perguntou o mestre.
- Não - disse o jovem.

O mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.

Em outras palavras:
É deixar de ser copo para tornar-se um lago.

(Pensamento Zen-Budista)

3 comentários:

Antônio disse...

Bah, excelente! Estava mesmo precisando ler uma reflexão desse tipo...

Abraço, mano!

Ana Paula disse...

Olha, Jader...
É o que tenho feito!
^^
E mais: não só dando mais sentido e valor ao que JÁ tenho em minha volta, como à tudo que ainda hei de conquistar!
=]

Beijão!

Marcus Vinícius disse...

Já tinha chegado a essa conclusão há algum tempo, mas recordar é sempre bom pra manter a idéia viva...

Abraço!

Feliz 2009!